Toffoli está preocupado por ter jogado o País no abismo?

Erika Kokay Presidente do Supremo propõe "grande pacto" para tirar Brasil da crise. Ora, o grande acordo "com STF com tudo" p/ solapar a democracia é a própria crise. V. Exª agora está preocupado com o fato ter jogado o País no abismo?

Quem pergunta é a a deputada federal reeleita Erika Kokay (PT-DF); “Presidente do Supremo propõe ‘grande pacto’ para tirar Brasil da crise. Ora, o grande acordo ‘com STF com tudo’ p/ solapar a democracia é a própria crise. V. Exª agora está preocupado com o fato ter jogado o País no abismo?”, questionou

Brasília e Centro-Oeste 247 – A deputada federal reeleita Erika Kokay (PT-DF) criticou o posicionamento do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, para quem o impeachment de Dilma Rousseff e a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram concretizados por “vias institucionais democráticas”.

“Presidente do Supremo propõe ‘grande pacto’ para tirar Brasil da crise. Ora, o grande acordo ‘com STF com tudo’ p/ solapar a democracia é a própria crise. V. Exª agora está preocupado com o fato ter jogado o País no abismo?”, escreveu a parlamentar no Twitter.

No caso do afastamento definitivo de Dilma, ela foi acusada de ter cometido as chamadas “pedaladas fiscais”, mas foi inocentada tanto por uma auditoria do Senado como pelo Ministério Público do Distrito Federal.

Erika Kokay
“Presidente do Supremo propõe “grande pacto” para tirar Brasil da crise. Ora, o grande acordo “com STF com tudo” p/ solapar a democracia é a própria crise. V. Exª agora está preocupado com o fato ter jogado o País no abismo?”

Sobre a condenação do ex-presidente Lula, o próprio Ministério Público Federal admitiu que não havia “prova cabal” de que ele seria o proprietário do triplex em Guarujá (SP). De acordo com a acusação, ele receberia um apartamento reformado da OAS como propina em contrapartida de contratos na Petrobrás.

O presidente do STF defendeu o que chamou de ‘grande pacto nacional’. “Temos passado por episódios turbulentos nos últimos anos. Investigações envolvendo a classe política. Impeachment de uma presidente da República. Cassação de um presidente da Câmara dos Deputados.

Condenação e prisão de um ex-presidente da República. Todos os impasses foram resolvidos pelas vias institucionais democráticas, com total respeito à Constituição e às leis”, disse ele em artigo publicado no jornal El País.

“Esse pacto envolve, com absoluta prioridade, que deliberemos sobre as reformas previdenciária e tributária/fiscal e enfrentemos os problemas da segurança pública. Nesse concerto, o papel do Poder Judiciário será o garantidor da segurança jurídica e da harmonia social.

Temos um Judiciário fortalecido, independente e atuante, que cumpre sua função de garantir a autoridade do direito e da Constituição”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui