Toffoli reúne o DEM, PSD e PT para evitar o ‘impeachment de Bolsonaro’

Rodrigo Maia e Dias Toffoli em jantar para tentar evitar impeachment de Bolsonaro - foto: O Antagonista/recorte

O ministro Dias Tóffoli reuniu os partidos do ‘centrão’ em um banquete regado a whisky, para tentar retardar ao máximo o pedido de impeachment de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados.

Na conversa mostrada no Valor Econômico, diz que Toffoli pediu para os chefões ‘segurarem os deputados’ para que um impeachment de Bolsonaro e que está em andamento no Congresso, seja ‘evitado’.

Com isso, Toffoli expõe mais um acordão firmado entre os partidos do centro, na Câmara.

Medo dos Generais

Segundo relatos dos companheiros de mesa de Toffoli, ele se mostrou preocupado com a turbulência política e fez um apelo para que os partidos contenham movimentos pelo eventual afastamento precoce do presidente.

O ministro alertou que a eventual ascensão do vice-presidente Hamilton Mourão ao comando do Executivo embaçaria mais a cena política, porque institucionalizaria os generais no comando do país.” (VIA O ANTAGONISTA)

Folha Centro Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui