Vereadora quer prioridade para creches e bolsas pós-graduação

Vereadora Rosi Matos (PT)

Vereadora Rosi Matos (PT)
Vereadora Rosi Matos (PT)

Priorizar um programa de concessão de bolsas de estudo de pós-graduação e esquecer-se de uma ação tão relevante voltada para a mesma política pública educacional que é a construção de creches, fez com que a vereadora Rosi Matos (PT), em seu pronunciamento durante a sessão ordinária desta terça-feira (28), expusesse sua opinião e indignação às medidas consideradas prioritárias pela Prefeitura Municipal de Manaus (PMM).

“Se o projeto de concessão de bolsas é de extrema relevância para o desenvolvimento da educação na capital do estado, a construção de creches que foi prometida durante a campanha do atual Prefeito de Manaus, deixou de ser importante?”. Esse é um dos questionamentos levantados pela vereadora Rosi Matos, a qual enfatiza também o abandono de creches pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A parlamentar prosseguiu o discurso dizendo que o ensino básico e o fundamental, de responsabilidade constitucional do Município, são secundarizados pela PMM, citando a realização de aulas do ensino fundamental em prédios alugados e inadequados para o ensino, a falta de merenda escolar em várias escolas municipais, dentre outras situações de descaso que diz respeito à educação.

“Sim, é importante que jovens e adultos tenham oportunidades, como o Programa de concessão de bolsas de estudo de Pós–Graduação, mas também é importante lembrar que a formação de um adulto é fruto de uma educação proporcionada ainda criança. É da fase infantil à fase adulta que devemos contribuir para um futuro melhor”, disse Rosi Matos.

Rosi Matos deixa claro que não se opõe ao Projeto, muito embora lamente o descaso da Prefeitura de Manaus em não prosseguir com este mesmo comprometimento quanto à criação de mais creches na cidade, pois das 120 creches afirmadas em campanha pelo Prefeito, somente seis foram licitadas e poucas estão em construção.

No bairro Zumbi 3, por exemplo, iniciaram a construção de duas creches, no entanto, as obras foram abandonadas e outras demolidas. Diante da gravidade da situação, não houve respeito por parte da Semed de pelo menos dar uma satisfação às mães da comunidade do Zumbi 3 e entorno.

Texto e foto: Suzy Figueiredo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui