Volume de ajuda humanitária a atingidos pela cheia chega a 360 t

Defesa Civil entrega ajuda humanitária/Foto: DC

Defesa Civil entrega ajuda humanitária/Foto: DC
Defesa Civil entrega ajuda humanitária/Foto: DC
Defesa Civil coordenada operação de ajuda/Foto: DC
Defesa Civil coordenada operação de ajuda/Foto: DC

A Defesa Civil do Amazonas, intensificou a distribuição de ajuda humanitária, aos às famílias tingidas pela cheia, na região do Alto Solimões, com o estoque totalizando 363 toneladas de alimentos não perecíveis enviadas às cidades em situação anormal.
Ontem (22), o município de Tonantins, passou a compor a listagem emergencial da Defesa Civil, que informa que, agora, todo o Médio Solimões entrou em alerta.

Com este novo município sobre para 17 o número de cidades do Amazonas em Situação de Emergência, e uma permanece em Estado de Calamidade Pública (Boca do Acre). A partir de agora todos os municípios que compõem o Médio Solimões estão em Alerta (Fonte Boa, Uarini, Alvarães e Tefé).

Tonantins, no Alto Solimões, tem 3.164 pessoas afetadas pela enchente e o município também vai receber ajuda humanitária do Estado. Só para esta região foram 52 toneladas de alimentos disponibilizadas. De acordo com a necessidade de cada cidade, a Defesa Civil AM envia ainda, kit´s dormitórios (colchões, redes, mosquiteiros), kit´s de higiene pessoal, medicamentos, filtros de água e hipoclorito de sódio. Neste feriado prolongado as ações foram reforçadas em Tabatinga, Benjamim Constant, Santo Antônio do Iça e São Paulo de Olivença.

O Estado, também, já fez o repasse financeiro as Prefeituras Municipais de Boca do Acre, Envira, Itamarati e Eirunepé, no valor total de R$ 1,250 milhão, para ser usado no socorro às vítimas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui