Wilson Lima anuncia ampliação de frota de lanchas blindadas


Parte de um pacote de investimentos do governador Wilson Lima na segurança pública, a entrega da Base Fluvial Arpão deve intensificar operações policiais nos rios do Amazonas a partir dos próximos dias. Sediada em Coari (a 363 quilômetros de Manaus), a nova estrutura desencadeará ações ostensivas em toda a região do rio Solimões e será ponto de parada obrigatório para todas as embarcações.

A Base Arpão é um investimento do governo estadual e vai funcionar em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), que participa da iniciativa com o envio de reforços da Força Nacional e vai custear diárias e passagens dos agentes. Para o governador Wilson Lima, o projeto inédito representa uma resposta contundente ao crime organizado.

“Oitenta por cento dos crimes que acontecem na capital têm relação com o tráfico de drogas, e é por isso que é necessário que a gente combata de forma muito firme, além do narcotráfico, também a pirataria, a exploração do meio ambiente de forma ilegal, enfim, outros ilícitos que acabam acontecendo por conta da extensão dos nossos rios e das nossas florestas”, afirmou o governador.

Foto: Diego Peres/Secom

Além da Base, o governo estadual já empregou R$ 7,6 milhões para montar outra estrutura inédita: a criação da frota de lanchas policiais blindadas. As três primeiras embarcações do tipo, entregues este ano, foram adquiridas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), por meio do Prodecap. Outras duas embarcações serão recebidas pela SSP em 2020, um agora em agosto e a outra em outubro.

“As forças (de segurança) separadas não conseguem atingir o objetivo que a sociedade precisa. Essa união de esforços, com o apoio logístico do Governo Federal, através do Ministério da Justiça, será fundamental para que todos os barcos, da canoa ao transatlântico, que venham a passar no Médio Solimões, sejam inspecionados por essas forças e que nós possamos dar um basta nessa questão do narcotráfico”, salienta o secretário de segurança, coronel Louismar Bonates.

A Base Arpão é o primeiro dos quatro pontos de policiamento e controle que o Governo do Estado planeja implantar nas calhas do Solimões e rio Negro. A estrutura vai abrigar efetivos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), além de médicos, dentistas e enfermeiros. A embarcação será um dos pontos de apoio do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (Vigia) no Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui