Acreditem se quiser: deputados deram título de cidadão do Amazonas a Bolsonaro

Mesmo sendo responsabilizador em todo o mundo por genocídio, Bolsonaro é homenagem por deputados do Amazonas – foto: recorte/arquivo

A proposta típica de quem não tem outro projeto em mente, de autoria do deputado Delegado Péricles (PSL), concedeu o Título de Cidadão do Amazonas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Bolsonaro é responsável pelo governo que vem reiteradamente atacando o Modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) e, que até o momento, não cumpriu nenhuma das promessas de campanha, nem mesmo o início da pavimentação da BR-319.

Titulo

A proposta, ou título, foi aprovado na sessão presencial e não presencial desta terça-feira, 20, da Assembleia Legislativa do Amazonas, com voto contrário apenas de do deputado estadual Serafim Correa (PSB).

O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) votou contrário ao Projeto de Lei – foto: divulgação

“Bolsonaro não tem sido amigo da Amazônia, do Amazonas e de Manaus”, disse Serafim.

O parlamentar lembrou ainda que Jair Bolsonaro subestimou e ironizou a pandemia do novo coronavírus, que até esta segunda-feira, 19, levou à morte 375 mil brasileiros.

“Ele subestimou a pandemia, ele não comprou vacinas quando era para comprar, o seu ministro negligenciou o nosso estado na crise do oxigênio, tudo isso tem trazido sofrimentos para o nosso povo”.

“A Zona Franca vive sendo atacada e o seu ministro da Economia, Paulo Guedes, faz cara de paisagem. Portanto, não voto a favor deste projeto”, complementou o deputado.

Deputado José Ricardo afirma que Bolsonaro retirou direitos e programas sociais que beneficiavam milhares de famílias pobres do nosso estado. – foto: divulgação

Opinião do Deputado Federal José Ricardo (PT), sobre o absurdo do título.

Publicado na íntegra:

“Considero absurda e uma afronta ao povo amazonense e a milhares de pessoas que morreram com a pandemia de Covid-19 a decisão dos parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado de conceder ao presidente Jair Bolsonaro o Título de Cidadão do Amazonas”.

“Como também às pessoas que sofreram os graves impactos decorrentes da falta de políticas do Governo Federal no combate à pandemia. Além disso, Bolsonaro realizou constantes ataques à ZFM, fez políticas de incentivos às queimadas e à invasão de terras indígenas. Vendeu aeroportos no Amazonas, a Petrobras e a Amazonas Energia. Ainda retirou direitos e programas sociais que beneficiavam milhares de famílias pobres do nosso estado”.

“E o mais grave de todas suas ações nefastas: permitiu a  falta de vacinas e de oxigênio, o que tirou a vida de  inúmeras pessoas, ocasionando o luto e o sofrimento de muitas famílias amazonenses. Sou contra a entrega de um título tão importante como esse a um presidente acusado de genocídio”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui