Aleam vai injetar mais de R$ 12 milhões no setor primário do AM

Foto: Hudson Fonseca

O setor primário do Amazonas receberá em 2020 um total de R$12.575 milhões. O valor foi incluído no Orçamento Estadual por deputados da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), através de emendas ao Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA 2020). O objetivo dos parlamentares é fortalecer a produção familiar em Manaus e no interior.

O presidente da Aleam, deputado Josué Neto, destinou pouco mais de R$ 1 milhão para fomentar o setor. Entre as emendas de Josué Neto, está a que destina R$ 180 mil para a compra de um caminhão que facilitará o escoamento da produção de agricultores de Boa Vista do Ramos (distante 268 quilômetros de Manaus) e outra que prevê a aquisição de grupos geradores que serão enviados para a Zona Rural de Eirunepé (distante 1.160 quilômetros de Manaus).

Da sua cota, o deputado Cabo Maciel (PL) destinou R$ 120 mil para construção de uma fábrica de gelo, no município de Itacoatiara (distante 165,8 quilômetros de Manaus). Já o deputado Wilker Barreto (Podemos) designou que R$ 500 mil sejam enviados para o município de Uairini (distante 595 quilômetros de Manaus).

O deputado Ricardo Nicolau (PSD), enviou para a Associação dos Produtores de Membeca R$ 96 mil, para que sejam comprados oito triciclos, que auxiliarão no transporte da produção.

O deputado Dermilson Chagas (PP) destinou no total R$ 1.110 milhões para Canutama, sendo R$ 140 mil para aquisição de bombas; R$700 mil para compra de grupos geradores e diesel e mais R$160 mil para aquisição de roçadeiras, além de outras emendas.

Os valores das emendas do deputado Berlamino Lins (PP) somam no total R$ 2.355 milhões, sendo divididos com os municípios de Amaturá, Apuí, Barreirinha, Benjamim Constant, Carauarí, Envira, Fonte Boa, Guajará, Ipixuna, Itapiranga, Jutaí, Lábrea, Manaquiri, Maraã, Novo Aripuanã, entre outros.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui