Política de expansão da atividade econômica será consolidada para o interior

Foto: Reprodução/Instagram

Uma sub-região de desenvolvimento sustentável a partir de Humaitá englobando mais 13 municípios em seu entorno, um polo agroindustrial em Rio Preto da Eva e um centro de produção de gás natural em Silves.

Esses são alguns dos projetos lançados pelo Governo do Amazonas no ano passado e que estão em franco processo de consolidação, com expectativa de abertura de cerca de 22 mil vagas no eixo fora da capital e aplicação de aproximadamente R$ 2,3 bilhões em recursos, entre investimentos públicos e privados.

Um dos projetos mais avançados é o do Campo Azulão-Jaguatirica para a exploração de gás natural e a construção de um terminal de liquefação. Estimada em R$ 1,8 bilhão, a obra foi iniciada em outubro de 2019. A expectativa é que novas vagas de empregos sejam abertas em Silves e cidades em seu entorno.

Em Humaitá, o investimento está estimado em R$ 350 milhões, com previsão de geração de 12 mil empregos diretos e indiretos quando o centro estiver operando em sua totalidade.

Foto: Reprodução/Instagram

O governador Wilson Lima também lançou em Humaitá o programa “SOS Vicinal”, voltado para a melhoria da logística do município, com um investimento de R$ 5 milhões para a recuperação de trechos de ramais de municípios do sul do Amazonas, além de garantir a retomada das obras do Anel Viário de Humaitá.

O governador também inaugurou um frigorífico e entregou implementos para associações e certificados para produtores rurais da região. As obras irão melhorar o transporte da produção agrícola e o desenvolvimento econômico da localidade.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui