Alexandre de Moraes dá primeiro passo para testar ameaça de Bolsonaro contra STF

Alexandre de Moraes, ministro do STF - Foto: Adriano Machado/Reuters

Alvo principal de Jair Bolsonaro nos atos de 7 de setembro, o ministro Alexandre de Moraes liberou para a pauta do plenário virtual do STF nesta quarta as ações propostas por partidos contra decretos que flexibilizam a posse de arma de fogo no país.

Trata-se de uma chance real de Bolsonaro e o STF testarem a radicalização vista nos atos do feriado. Se o Supremo formalmente derrubar um ato do presidente, ele terá a oportunidade de cumprir a promessa de se negar a cumprir uma determinação da Suprema Corte do país.

Com a devolução dos casos por Moraes, que havia pedido vista, o julgamento virtual recomeça em 17 de setembro. Isso, claro, se o presidente da Corte, ministro Luiz Fux, não decidir pautar o tema no plenário físico.

Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui