Alta no setor de turismo e casamentos indicam retomada do brasileiro à normalidade

Alta no faturamento sugere que população está gastando mais com viagens e casamentos - Foto: Divulgação/Istock

Antes prejudicado por uma queda de 90% no seu faturamento durante a pior fase da pandemia, o setor de turismo registrou alta de 257,3% no segundo trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2020. As altas de 237,1% por parte das companhias aéreas e de 255,8% no setor hoteleiro acompanham o movimento e indicam a retomada do brasileiro à normalidade.

As informações são do banco Itaú, obtidas através de uma pesquisa que analisou compras feitas com os cartões do banco e vendas transacionadas por sua empresa de meios de pagamento. Os dados também registraram altas no consumo em bares, restaurantes, casas de entretenimento e outras atividades – antes, restritas, devido ao isolamento social.

Tudo aponta que a flexibilização nas medidas de isolamento e o avanço da vacinação contra a Covid-19 têm sido seguidos por uma retomada da rotina por parte da população, que, por sua vez, resulta no reaquecimento da economia e dos setores que mais foram prejudicados.

Com o surgimento da pandemia de Covid-19, o brasileiro foi obrigado a adiar todos os seus planos de viagem e eventos sociais. Mais do que isso, o isolamento gerou um forte desejo por estes. Como forma de retomar o tempo perdido, mais e mais planos de viagens e encontros estão sendo feitos e mais compromissos estão sendo finalmente agendados.

É o caso dos casamentos. O relatório do Itaú também registrou uma alta de 97,4% no faturamento de agências matrimoniais e buffets. Os resultados ainda indicam um possível represamento, devido às restrições do isolamento, mas, com um crescimento de 214,9% no segmento de aluguéis de roupas e de 129,9% em joalherias, fica mais clara a retomada das cerimônias.

Com a vacinação avançando a cada dia, fica mais fácil planejar grandes eventos como um casamento de maneira segura, pois a taxa de contaminação diminui muito ao saber o estado de vacinação dos convidados.

No turismo, o aumento também pode ser devido à maior variedade de lugares seguros dentro da hotelaria. Hostels, hotéis e pousadas já oferecem medidas de segurança, que podem garantir o conforto do viajante, e muitos brasileiros também começam a optar por viagens solo, que encorajam ainda mais a realização do evento.

E, para os que estão aproveitando a flexibilização e a vacinação para retomar planos com a família, as melhores alternativas de transporte para viagens seguras são as viagens com veículo próprio. Na maioria das vezes, carros de grande porte podem abrigar toda a família e guardar as malas em segurança no porta-malas ou em um protetor de caçamba S10, no caso das picapes.

As mudanças na economia refletem diretamente o movimento de retomada à normalidade e a transição do período de pandemia para o período de recuperação. Ainda pode demorar até que a normalidade possa realmente ser alcançada, mas o Brasil caminha em sua direção.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui