Amazonino foi inocentado em processos citados por adversários

Amazonino Mendes - Foto: Reprodução

Um levantamento realizado no site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) mostra que, mesmo após 40 anos de vida pública, o ex-governador do Amazonas, advogado Amazonino Mendes (Podemos), está quite, portanto, não deve nada ao Poder Judiciário do Estado.

Quatro vezes governador, três vezes prefeito de Manaus e uma vez senador, o agora pré-candidato a prefeito de Manaus é citado em 11 processos no site do TJAM, todos sem condenações.

“É natural que tenha, nesse tempo de gestão, enfrentado adversários que tentaram de toda forma envolver meu nome a escândalos, sem sucesso, assim como pessoas que se sentiram atingidas por medidas tomadas nas minhas administrações”, afirmou Amazonino Mendes, gestor que já teve todas as contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), inclusive a de 2018, do mandato suplementar de pouco mais de um ano como governador.

Amazonino conta com certidões negativas da Justiça, em todas as instâncias, que o tornam apto a concorrer na eleição, sem qualquer condenação, como candidato “ficha limpa”. Processos no site do TJAM com o nome de Amazonino são apelações, embargos de declaração, recursos especiais e agravos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui