Aos 52 anos morre Alex Denariaz, em SP, colunista social no Amazonas

Alex Denariaz, Jornalista Social/Foto: Arquivo

Alex Denariaz, Jornalista Social/Foto: Arquivo
Alex Denariaz, Jornalista Social/Foto: Arquivo

Morreu hoje, terça-feira (21), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, uma das principais vozes do jornalismo social do Amazonas, o colunista Alex Denariaz. Ele contraiu uma bactéria que se alojou no coração, supostamente, durante uma viagem a Barbados, no Caribe. Durante o dia de ontem, seu estado de saúde piorou com uma hemorragia pulmonar. Todo o processo levou menos de duas semanas, deixando os amigos de Alex em choque e inconsoláveis. Alex tinha 52 anos.
Estrela do prestigiado jornal A Crítica, onde há anos mantinha sua coluna social, Alex era uma espécie de embaixador informal do Amazonas. Durante anos, ajudou a divulgar a festa de Parintins e ciceroneou personalidades como Gisele Bündchen, para conhecer a Floresta Amazônica. Tinha trânsito livre no soçaite do eixo Rio-São Paulo, que sempre lhe estendeu tapete vermelho nas muitas festas de que participava. Entre suas grandes amigas, estavam a ex-modelo Luiza Brunet, a socialite Bethy Lagardère, a diretora de estilo da Vogue Donata Meirelles e, claro, sua irmã do coração, Chris Calderaro, dona de A Crítica, que nos últimos dias mobilizou médicos e equipes para garantir que o colunista tivesse toda a assistência.(Bruno Astuto/Época)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui