Após denúncia, prefeito de Boa Vista do Ramos deverá explicar nomeação de advogado

Foto: Reprodução

O prefeito de Boa Vista do Ramos (a 270 quilômetros de Manaus), Eraldo Trindade, terá de explicar a nomeação do advogado Otoniel Queiroz de Souza Neto para o cargo de assessor jurídico. A representação é do Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC-AM), que ingressou com o documento no Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM).

Queiroz atua desde 2017 como procurador-geral do município. Conforme denúncia, o advogado é aliado político do prefeito e, além disso, a prefeitura estaria pagando os serviços com dinheiro público. A nomeação de Queiroz não consta no Portal da Transparência, tampouco no site da Prefeitura de Boa Vista do Ramos.

De acordo com o MPC-AM, Otoniel Queiroz deverá ser afastado do cargo de procurador-geral de Boa Vista do Ramos. Além disso, o prefeito Eraldo Trindade também será notificado para apresentar defesas junto ao órgão ministerial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui