Varandas ganham vida depois de serem deixadas de lado

Foto: Reprodução

Com a quarentena forçada, muita gente passou a valorizar mais os espaços que se conectam com o lado de fora. A varanda se tornou uma preciosidade para passar o tempo e aproximar as pessoas da natureza. É possível transformar esse espaço, que, muitas vezes, era deixado de lado. Plantas, redes e acessórios têm se tornado mais e mais comuns na varanda.

O contato com a natureza se faz cada vez mais primordial para o bem-estar mental dos moradores. Investir em plantas é uma forma de trazer o verde para perto. Além de melhorar o ambiente esteticamente, elas ajudam a melhorar a qualidade do ar. O cultivo das plantas também pode se tornar um hobby saudável que traz paz e tranquilidade.

É possível utilizar as paredes para um jardim vertical, assim não se ocupa tanto o espaço da varanda, que pode ficar livre para outros móveis. Jiboias e samambaias são uma boa pedida para colocar no alto. É essencial pesquisar o que cada tipo de planta necessita para um bom cuidado em termos de quantidade de água e luz. Assim, é possível encontrar o lugar certo na varanda para cada uma delas.

É importante determinar o uso do espaço para decorar a varanda. Um ambiente de relaxamento e leitura pode ter uma rede ou poltrona confortável. Se a varanda for envidraçada, ela poderá comportar móveis internos. Já as externas sem proteção necessitam de móveis para áreas externas que não estraguem com sol e chuva.

Outros decidem investir em uma varanda gourmet, um espaço para confraternizar. O ideal é pensar no tamanho certo de mesa para que não ocupe todo o ambiente e as pessoas possam circular. Para varandas menores, ao invés de o foco ser na comida, pode ser na bebida. Alguns colocam um frigobar na varanda e montam um minibar nesta área do lar.

Para quem está reformando ou construindo, é importante pensar na facilidade de limpeza do piso, baixa absorção de água e resistência, como um porcelanato esmaltado. Se a varanda não for fechada, também é importante usar uma tinta para áreas externas, para prevenir mofo e ações do tempo.

Antes de qualquer modificação na varanda, é preciso verificar as normas do condomínio e os padrões arquitetônicos, que devem ser mantidos. As varandas, muitas vezes, ficam abandonadas e sem uso, mas é possível reverter a situação e ganhar mais um ambiente na casa, que pode ser usado de várias formas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui