Após gastos com caixão, prefeito de Manaquiri quer gastar com ponto de táxi

Foto: Reprodução

Com os casos de covid-19 em alta em todo o Amazonas, o prefeito de Manaquiri (a 69 quilômetros de Manaus), Jair Souto, quer gastar R$ 143 mil com a construção de um ponto de táxi. Recentemente, ele desfalcou o cofre da cidade para comprar caixões, justificando com a alta no número de vítimas de covid-19.

A construção será feita sem licitação e o montante será pago para a empresa J. E. Da Silva Eireli. Não foi informada a duração das obras.

O prefeito de Manaquiri pretende valorizar os motoristas de táxi da cidade. Segundo ele, os trabalhadores precisam de um local descente para esperarem por seus passageiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui