Arthur Virgílio Neto pede cautela para a reabertura do comércio

Foto: Divulgação / Semcom

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, pediu cautela quanto à reabertura do comércio na capital do Amazonas, durante o período de pandemia do novo coronavírus.

“Não vamos criar nas pessoas uma falsa ilusão de que todo mundo que for para a rua estará empregado”, disse o prefeito, em vídeo publicado nas redes sociais sobre a retomada gradual de atividades prevista pelo governo estadual, para o próximo dia 1° de junho.

A afirmação foi dada após o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, declarar que teme uma nova onda de Covid-19 em Manaus. “Estou olhando para essa questão na capital, com muito cuidado, pois cautela nunca é demais. Adoraria que eu estivesse errado e que pudéssemos reabrir tudo, mas penso no futuro do povo”, disse o prefeito, acrescentando que as aulas presenciais na rede municipal só devem retornar em agosto deste ano, se tudo ocorrer bem.

Segundo Arthur, as medidas de prevenção, como distanciamento e isolamento social entre servidores municipais, vão continuar. Além disso, novas atitudes serão tomadas. “Certas secretarias minhas não vão funcionar, algumas serão extintas e outras vão continuar em regime de home office. Enquanto eu sentir que o perigo existe, procurarei proteger as pessoas, por mais que essas não sejam as atitudes mais simpáticas”, destacou.

Vídeo publicado em: https://www.facebook.com/ArthurVirgilioNetoAM/videos/594706717806217/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui