Ataque da Turquia deixa 31 mortos na Síria e no Iraque

Consequências do ataques aéreos da Turquia - Foto: Reprodução

Aviões de guerra da Turquia bombardearam bases militares curdas no norte da Síria e do Iraque neste domingo (20), deixando 31 mortos segundo a agência de notícias France Presse. A investida militar foi uma resposta a um atentado na semana passada na cidade de Istambul.

Os militares turcos travam uma disputa territorial de décadas pelo controle da região do Curdistão.

Base de militantes curdos no norte da Síria destruída após ataques das forças aéreas da Turquia, em 20 de novembro de 2022. — Foto: North Press Agency via REUTERS
Base de militantes curdos no norte da Síria destruída após ataques das forças aéreas da Turquia – Foto: Reprodução

O Ministério da Defesa da Turquia afirmou em um comunicado que os ataques tinham como alvo bases do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), considerado terrorista por Ancara, e da milícia síria curda YPG, que a Turquia acredita ser uma ala do PKK.

A Turquia culpa militares curdos pela explosão de uma bomba em Istambul. Na atentado, no dia 13 de novembro, seis pessoas morreram e mais de 80 ficaram feridas. O PKK e as forças Democráticas Sírias (SDF), lideradas pelos curdos, negaram envolvimento. O SDF promete retaliação pelo bombardeio deste domingo.

Band

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui