Autor da Lei que criou a UnaTI, Josué Neto comemora inauguração da sede da instituição

Deputado Josué Neto(PSD)/Foto: Divulgação

No ano de 2007, o recém-eleito deputado Josué Neto (PSD) apresentou um projeto de lei prevendo a criação da Universidade Aberta da Terceira Idade – UnATI e, na última sexta-feira (31), na condição de presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, comemorou a inauguração da primeira sede efetiva da nova instituição, ao lado do governador José Melo (PROS). Situado à Avenida Brasil, no bairro de Santo Antônio, Zona Oeste de Manaus, o novo prédio ocupa uma área de 400 metros quadrados e instalações adaptadas para os idosos.
De acordo com o projeto apresentado por Josué Neto, seria criada uma Universidade Aberta, no âmbito da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), voltada para oferecer cursos e oficinas para idosos. A UnATI começou a funcionar em novembro de 2007 e, atualmente, atende cerca de 2.500 pessoas.

Como autor da Lei que criou a UnATI, Josué Neto destacou seu compromisso, como parlamentar, de criar leis, propor e reivindicar alternativas que promovam a melhoria na qualidade de vida da população.

O parlamentar, que defende a educação como ferramenta de mudança social, acredita que a experiência da terceira idade aliada aos novos conhecimentos promovidos nas oficinas, renova a energia de viver.

As novas instalações da unidade comportam oito salas de aula, salas de música e dança, ambulatórios, laboratórios de informática e de pesquisas, além de auditório com capacidade para cem pessoas. A instituição iniciou as atividades há oito anos e funcionava no terceiro andar das instalações da ESA – Escola Superior de Ciência da Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), localizada no bairro da Cachoeirinha, zona Sul de Manaus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui