Bebidas alcoólicas são apreendidas em aldeias indígenas de Tabatinga

Fiscalização apreende bebidas alcoólicas em aldeias no AM — Foto: Rôney Elias/Rede Amazônica

Uma fiscalização da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) apreendeu 350 caixas de cerveja e 150 garrafas de cachaça em aldeias indígenas de Tabatinga, interior do Amazonas.

O Distrito Sanitário Especial Indígena informou que o alcoolismo é apontado como a causa da maioria dos casos de violência, como homicídios e suicídios ocorridos nas aldeias da região.

A operação de combate à venda de bebidas alcoólicas nas aldeias de “Belém do Solimões” e “Bananal” foi solicitada pela Sesai. Ação contou com o apoio da Polícia Militar e Guarda Civil Tikuna.

A lei Federal 6.001 de 1973 proibi o consumo e comercialização de bebidas alcoólicas nas terras indígenas do Brasil. A proibição não afeta a fabricação de bebidas artesanais como o Pajuaru e a Caiçuma feitas pelos indígenas e consumidas em festas tradicionais.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui