Catedral de Humaitá é reconhecida como patrimônio de interesse cultural e turístico

Foto: Divulgação

Construída em 1876 às margens do Rio Madeira e situada no município de Humaitá, (há 675 quilômetros distantes de Manaus), a catedral de Nossa Senhora Imaculada Conceição passará a ser reconhecida como um dos pontos ‘de relevante interesse cultural e turístico do Amazonas’. O projeto de lei que dá o reconhecimento ao templo religioso humaitaense é de autoria do deputado estadual Roberto Cidade (PV).

O PL de 375/2019 foi votado na manhã desta terça-feira (22), no plenário Ruy Araújo e aprovado por unanimidade pela casa. A homenagem a catedral, que fica no Centro do município, é um reconhecimento pelos 58 anos de existência de um dos principais templos religiosos do sul do Estado e que, em 16 de outubro de 1979 foi elevada pelo Papa João Paulo II a Diocese.

“Nada mais justo do que reconhecer a catedral de Nossa Senhora Imaculada Conceição, em Humaitá, com o título que ela merece. São milhares de fiéis que todos os anos visitam a catedral. Sem falar nos moradores da região que sempre viram a igreja como ponto turístico”, justificou o parlamentar.

Após os trâmites oficiais na Casa Legislativa, o Projeto segue para a sanção do governador do estado, Wilson Lima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui