Chapa de Ricardo Nicolau é a primeira a firmar compromisso pela ética e transparência

Foto: Marcelo Cadilhe

O candidato ao governo do Amazonas pela coligação ‘Nós, o Povo’ (Solidariedade / PSB), Ricardo Nicolau, e a sua vice, professora Cristiane Balieiro, assinaram uma carta, que prevê compromissos com a ética e a boa governança, elaborada pelas entidades que compõem o Comitê Amazonas de Combate à Corrupção Eleitoral (CACC). A assinatura do documento ocorreu nesta sexta-feira, 12, na sede auditório da Cúria Arquidiocesana de Manaus, Centro.

O texto propõe 22 medidas aos candidatos ao cargo de governador e vice-governador voltadas à ética, desenvolvimento econômico, combate à corrupção, igualdade de gênero, segurança pública, defesa da democracia, promoção social a serem adotadas durante a campanha eleitoral e, também, na administração do Estado. Ricardo Nicolau e Cristiane Balieiro foram os primeiros políticos a se comprometerem com todos os itens do documento.

“Estamos com várias categorias e entidades representadas firmando compromisso com o futuro do Amazonas. Vamos trabalhar por um estado mais justo, combatendo a corrupção, dando transparência nas ações públicas e garantindo a participação popular. Fico satisfeito em assinar essa carta que também é nosso compromisso de transformar o Amazonas”, ressaltou o candidato ao governo.

Cristiane Balieiro destacou que a assinatura da carta firma o compromisso da coligação com as medidas que ajudem o Amazonas a sair do fundo do poço. “Nós queremos inspirar a sociedade para a mudança e, nessa condição, nós somos observados. Então, é compromisso nosso de aliar com ideais da ética para formar ações transformadoras junto com o nosso candidato ao governo, Ricardo Nicolau”, disse.

Coordenador do CACC e representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Amazonas), o advogado e cientista político Carlos Santiago afirmou que a carta representa a vontade da sociedade civil organizada.

“É importante a vinda do candidato porque é uma expressão à sociedade civil em forma de carta pela ética e boa governança. Então, a vinda dele aqui é importante e se compromete em administrar, se eleito, um estado com transparência, ético, transparente e que combata a pobreza”, destacou.

Fazem parte do CACC o Conselho Regional de Administração (CRA-AM), Conselho Regional de Economia (Corecon-AM), Arquidiocese de Manaus, OAB Amazonas, Sindicato dos Fazendários do Amazonas ((SIFAM) e Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM).

Foto: Marcelo Cadilhe

A Coligação ‘Nós, Povo’ possui mais de 60 candidatos aos cargos de deputado estadual, deputado federal e senador.

Principais compromissos

Dentre os principais compromissos firmados na carta estão: realizar campanha eleitoral com ética e sem o uso de caixa dois; governar seguindo as diretrizes da Lei de Responsabilidade Fiscal; ampliar a participação popular bem como dos conselhos profissionais na elaboração do Plano Plurianual e na execução do Orçamento estadual; implementar políticas públicas efetivas de geração de emprego e renda para a população que se encontra na base da pirâmide econômica; reduzir a informalidade bem como ampliar a política pública de incentivo à participação das micro, pequenas e médias empresas nas compras públicas realizadas pelo governo do Estado; ampliar a política pública de inclusão social para mulheres, negros, indígenas, respeitando as diversidades culturais dos povos originários.

O texto também prevê a defesa do Modelo Zona Franca de Manaus e o Polo Industrial, responsáveis pela geração de empregos (diretos e indiretos) além de ampliar parcerias para transformar Manaus em Polo Tecnológico aproveitando a prontidão industrial e os recursos da Lei de Informática; implementar ações para reduzir a insegurança alimentar em todos os níveis (leve, moderada e grave); e firmar parcerias para promover ações de redução dos índices de pobreza e de pobreza extrema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui