Criança sequestrada na invasão Monte Horebe aparece em delegacia

Foto: Divulgação

Manaus – Desaparecida desde o dia 16 de setembro, Sádia Reis Barros – de 11 anos – foi encontrada na noite desta sexta-feira (4) ao pedir água em um batalhão da Polícia Militar (PM-AM) na Zona Norte de Manaus. Segundo a polícia, no dia do desaparecimento, a meninas estava na companhia do padrasto  Leilson de Souza Marinho – que ainda não foi localizado. Na quarta-feira (2), uma mulher de 32 anos foi presa por suspeita de ter envolvimento no caso.

A criança foi encontrada em frente à 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), no bairro Nova Cidade, onde pediu ajuda. O soldado Bruno Everson foi quem fez o primeiro contato com Sádia.

“No momento em que a gente estava chegando na Cicom, ela [Sádia] vinha entrando. Ela falou que queria água, que estava com fome. Foi quando eu perguntei o nome dela e consultei via Ciops. Aí foi constatado que era a criança do Monte Orebe que estava desaparecida (…) Aparentemente ela não estava lesionada e ela sabia que estava sendo procurada”, relatou.

Foto: Divulgação

Em uma breve conversa com os militares, a menina contou onde foi mantida durante os 17 dias que ficou desaparecida.

“O que ela [Sádia] falou foi que ela ficou na casa de uma pessoa, depois na casa de outra, que estava em um apartamento, mas não soube informar nomes nem nada. Ela estava meio desnorteada”, finalizou.

A menina foi conduzida para a Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), na Zona Centro-Sul.

De acordo com o capitão Nilton Neto, da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCÃES), o depoimento de Sádia pode auxiliar nas buscas pelo padrasto dela.

Fonte – G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui