Ergonomia no trabalho: como ela aumenta a produtividade

Posição do computador e tipo de cadeira são importantes para a postura/Foto: Divulgação

Trabalhar sentado por muitas horas representa um perigo para a saúde, e os danos podem ser ainda maiores quando o ambiente de trabalho não está adequado. Tipo de cadeira, altura da mesa, posição da tela do computador… Todas essas questões, que podem parecer detalhes pequenos, têm um impacto muito grande sobre a qualidade durante as horas de trabalho e na vida em geral.
Com a mudança brusca para a modalidade de home office, grande parte das pessoas não teve tempo de preparar o ambiente de trabalho em casa de maneira adequada, seguindo as principais recomendações para a saúde do corpo. Além do local adequado, que deve ser silencioso e com uma boa iluminação, é preciso tomar outros cuidados. Por meio da recomendação de práticas de ergonomia, estudo voltado à otimização da relação do ser humano com o trabalho, é possível separar algumas dicas que podem ser aplicadas para quem quer melhorar a qualidade de vida durante e após o horário do expediente.
O primeiro passo é escolher uma cadeira adequada, evitando usar cadeiras de madeira e sem um encosto adequado. É possível encontrar boas opções de cadeiras ergonômicas para escritório, ideais para serem utilizadas durante as horas de trabalho. Já para quem passa o dia inteiro sentado, realizando outras atividades além do período do experiente, pode ser importante procurar cadeiras mais robustas, como as utilizadas por jogadores profissionais de esportes online. Dê preferência para opções com apoio para a lombar e o pescoço, além de permitir regulagem no assento.
Em relação à posição do computador, é essencial que o topo do monitor fique na altura dos olhos, permitindo uma boa visualização da tela sem a necessidade de curvar o corpo. Caso a mesa não seja alta o suficiente, é possível usar livros ou um suporte para computadores, para garantir que o eletrônico fique na altura adequada. O recomendado é que a distância entre os olhos e a tela seja de 45 a 70 cm.
É necessário ficar atento para garantir que os ombros e braços não fiquem tensionados, assim, pode ser necessário mudar o tipo de teclado e mouse utilizado, procurando versões que possibilitem o ajuste de altura e até maciez do clique, para prevenir problemas como tendinite. Uma das principais recomendações é fazer intervalos regulares para relaxar o corpo, levantando da mesa e caminhando por alguns minutos.
Infelizmente, muitas pessoas já sofrem de dores nas costas e em outras partes do corpo, seja por alguma doença específica ou por problemas de coluna. Em grande parte dos casos, somente as medidas de boa postura e os equipamentos de trabalho corretos não são suficientes para diminuir o desconforto, assim, pode ser necessário procurar um especialista na área. Com as medidas de afastamentos social, é preciso encontrar alternativas para o atendimento médico, e uma boa forma é utilizar a internet para realizar avaliações online com profissionais formados na faculdade de fisioterapia, que recomendam exercícios simples e que podem ser feitos em casa, específicos para os diferentes tipos de dores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui