Estudantes visitam o Bosque das Ciências pelo Programa Ciência na Escola

Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

Após dois anos fechado para visitação, o Bosque das Ciências recebeu, na sexta-feira (20/05), estudantes da Escola Estadual Adalberto Valle, localizada na zona sul de Manaus, para uma aula interativa de ciências.

A visita fez parte do Projeto Ciência na Escola (PCE), do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). O espaço segue fechado para visitação do público em geral.

No momento, as visitas são apenas para escolas que participaram do concurso de plano de aula do Programa Ciência na Escola (PCE). Outra visita que continua ocorrendo é a institucional, por autoridades, gestores, parceiros e outros.

Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

A escola é a primeira a visitar o Bosque, tendo a primeira visita ocorrido na terça-feira (17/05), e a segunda nesta sexta. Ao todo, 80 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental puderam participar da aula. Os estudantes realizam uma visita guiada, focando no plano de aula submetido ao 1° Concurso de Plano de Aula do Bosque da Ciência.

Com o objetivo de melhorar o ensino de ciências no Amazonas, e foco nos estudantes da rede pública de Manaus, a atividade permite aos alunos aprender sobre a natureza, a história e os animais do Inpa, além do foco dos planos de aula da escola, como as abelhas e a importância do ecossistema.

A professora de Ciências da escola, Helena Monteiro Fialho, comenta como foi submeter o plano de ensino focado nas abelhas para o concurso e assim conseguir trazer os jovens na visitação.

“Eu pude participar de uma visita aqui no bosque e achei muito interessante a criação das abelhas, então quis levar aos alunos esse conhecimento, e vi no concurso essa oportunidade. Trazer os estudantes aqui presencialmente é muito bom, mostrar a importância ecológica das abelhas, como vivem, como polinizam e contribuem com o meio ambiente é essencial para o aprendizado”, diz a professora.

Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

O estudante Jadson Mauro Santos, de 15 anos, diz que não sabia sobre a existência do bosque e sua importância, então participar dessa visita com os seus colegas é algo gratificante.

“A experiência de estar aqui no bosque é aprender novos conhecimentos. Eu estou gostando muito porque é algo novo para mim e para meus colegas, eu não conhecia o bosque, então poder vir e aprender sobre as abelhas e os animais é muito legal”, diz Jadson.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui