Famílias do interior começam a receber cartões do Auxílio Permanente

Foto: Lucas Silva/Secom

Alcançando mais de 40 mil cartões entregues na capital em cinco dias, o Governo do Estado inicia, nesta quinta-feira (18/11), a distribuição do Auxílio Estadual permanente para famílias do interior. Com a presença do governador Wilson Lima, a programação começa no município de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus), com a entrega de 6.078 cartões para pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza. Nos 62 municípios do Amazonas, o objetivo é alcançar 300 mil famílias, sendo mais de 141 mil apenas no interior.

Com uma equipe de 60 servidores para a operação no município, dois pontos de distribuição serão montados em Itacoatiara: o primeiro no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Dom Jorge Edward; e o segundo na Escola Municipal Jamel Amed. As equipes saíram da capital na tarde de segunda-feira (15/11) e devem finalizar os trabalhos em Itacoatiara até o dia 23 de novembro.

Foto: Lucas Silva/Secom

A secretária executiva adjunta da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Laudenise Oliveira, destacou que todos os servidores já possuem experiência em serviços de entregas de benefícios, tais como os auxílios emergenciais e o Auxílio Estadual Enchente, entregue para famílias afetadas pela pandemia de Covid-19 e pela cheia dos rios.

“Todas as secretarias, todos os servidores estão empenhados em executar da melhor forma possível esse auxílio, que é o Governo do Amazonas chegando na casa de cada pessoa que passa hoje por essa situação de vulnerabilidade que a própria pandemia trouxe. O governo, com esse olhar sensível que ele tem, vai estar chegando na casa das pessoas através desse auxílio”, disse ela.

A servidora da Seas, Teresa Pangaio, integra o grupo que dará início à distribuição fora da capital. Ela reforçou a importância e o valor da ação para ajudar as famílias que necessitam do apoio do Governo do Estado.

Foto: Lucas Silva/Secom

“É gratificante. Desperta mais a nossa empatia com as outras pessoas. Temos que trabalhar para que não seja demorado, para que essas pessoas sejam o máximo atendidas e o mais rápido possível justamente por estarem precisando e por terem sido atingidas pela pandemia. É um braço do Estado que está indo para o interior, e uma gratidão muito grande ter que trabalhar de frente com essas pessoas, conhecendo mais as histórias delas”.

Programação de entregas – Rio Preto da Eva será o próximo na Região Metropolitana, começando na sexta-feira (19/11). As entregas seguem até terça-feira (23/11). No município, o auxílio do Governo do Amazonas vai atender 1.727 beneficiários. A distribuição acontecerá na Escola Estadual Raimundo Paz, na rua Governador Gregório Azevedo, Centro, das 8h às 16h.

A programação para as semanas seguintes inclui entregas em municípios das calhas do Alto Solimões, Baixo Amazonas, Baixo Solimões, Madeira, Médio Solimões e Purus. A previsão de conclusão das entregas nos postos é 15 de dezembro. Em seguida, será iniciado um trabalho de busca ativa dos beneficiários.

Foto: Lucas Silva/Secom

Balanço – Em cinco dias de distribuição em Manaus, a entrega dos cartões já alcançou mais de 25% dos beneficiários. São nove pontos de entrega em toda a capital, e o atendimento é agendado.

A dona de casa Ilzirene Castilho recebeu o cartão do Auxílio Estadual permanente no Centro Estadual de Convivência da Família (CECF) Magdalena Arce Daou, zona oeste de Manaus, nesta terça-feira (16/11).

“Vamos comprar alimento para a nossa casa, porque às vezes a gente não tem nem ovo para a gente comer, e esse benefício vai ser uma ajuda para a gente, para a nossa família. Agradeço o Wilson Lima por tudo o que ele tem feito por nós”, disse ela, que é mãe de seis filhos.

O lanterneiro Francisco Paulo também saiu do Centro de Convivência com o cartão em mãos. “Não esperava. Isso é maravilhoso de acontecer, é uma ajuda muito importante para quem precisa. Depois da pandemia muitas pessoas ficaram sem condições, sem emprego para manter a sua família, e isso é um benefício muito importante que ele (governador Wilson Lima) criou”, observou Francisco.

Foto: Lucas Silva/Secom

Para conferir se é beneficiário, é preciso acessar o site www.auxilioestadual.com.br. O site também informa quando e onde o cartão será entregue.

Auxílio Estadual – No valor mensal de R$ 150, o auxílio, que agora passa a ser permanente, é considerado o maior programa de transferência de renda da história do Amazonas e vai garantir segurança alimentar da população em situação de pobreza e extrema pobreza. Além de garantir a dignidade de quem mais precisa, o programa vai impulsionar o aquecimento econômico. Em 12 meses, o Estado injetará na economia dos 62 municípios R$ 540 milhões.

O projeto de lei do Governo do Amazonas que instituiu o Auxílio Estadual permanente foi aprovado na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) no dia 27 de outubro deste ano. Criada pelo governador Wilson Lima, a medida está inserida no pacote de ações sociais implementadas pelo governo para a população em situação de vulnerabilidade social.

“Durante toda a pandemia, o Governo em momento algum abandonou as pessoas que mais precisavam; ao contrário, foram três auxílios lançados durante esse tempo. São muitas famílias que hoje vivem praticamente só do Bolsa Família e que vão passar a ter esse complemento de renda para garantir o mais importante, que é a alimentação da sua família”, destacou a titular da Seas, Alessandra Campêlo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui