Graça Lopes deve substituir o marido na campanha para a prefeitura de Iranduba

Ex-primeira dama Graça Lopes pode ser a próxima candidata a prefeita de Iranduba - foto: facebook

A ex-primeira dama do município de Iranduba, Graça Lopes, deve ocupar a vaga de pré-candidata a prefeita de Iranduba, deixada pelo seu marido, Nonato Lopes (MDB), que foi vitimado no último dia 12 de setembro, pelo Covid-19.

A notícia vasou tipo uma bomba, logo nas primeiras horas da manhã desse domingo (13), dois dias após a morte do político que fez história ao governar o município de Iranduba por dois mandatos, o último na legislatura de 2008. Nonato vinha liderando com folga a preferência popular para essas eleições.

Graça Lopes vinha acompanhando o marido na pré-campanha para a prefeitura desse ano – foto: Facebook

Segundo o presidente municipal do PDT, Paulo Onofre, que vinha conversando uma coligação partidária entre o MDB e PDT e, um grupo de amigos entenderam que a melhor opção para ocupar a cadeira de titular no próximo mandato, na prefeitura de Iranduba, será a já anunciada pré-candidata Graça Lopes.

Amanhã (14), terá uma reunião na base do partido, no município, onde será tratada essa nova proposta de candidatura muncipal. Eles entendem que Graça Lopes preenche todos os requisitos necessários para tirar Iranduba do noticiário policial.

Trabalho social

Graça é funcionária pública aposentada, acompanhou o marido ao longo dos mandatos como prefeito e deputado estadual. Ela tem um trabalho social intenso no município há mais de duas décadas e, na opinião de Paulo Onofre, acumula a capacidade para governar o município tal qual governaria Nonato Lopes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui