‘Guedes está sendo fritado por Bolsonaro’, diz Serafim

Foto: Reprodução

Para a bancada federal do Amazonas, o ministro da Economia, Pedro Guedes, disse desconhecer os prejuízos causados à Zona Franca de Manaus (ZFM) após o presidente Jair Bolsonaro decidir reduzir o imposto da importação de bicicletas. Para o deputado estadual Serafim Corrêa, o ministro está sendo ‘fritado’ por Bolsonaro.

“A nossa bancada federal marcou audiência e esteve com o ministro Paulo Guedes e sabe qual foi a resposta que ele deu? Que não sabia. Não sabia bem do que se tratava. É um desplante”, afirmou. “Ele está sendo fritado e não é em banho Maria, não. É em banha mesmo. Fritado pelo presidente da República da mesma forma que o Sérgio Moro foi fritado. Ele foi usado, fritado e, por último, descartado”, completou.

Segundo Corrêa, o que houve na reunião entre Guedes e a bancada do Amazonas foi um “mise en scène” (elementos de uma encenação) para mostrar comprometimento com a agenda liberal, o que foge da realidade.

O líder do PSB na Casa Legislativa salientou que a redução de 35% para 20%, de forma gradual até o fim do ano, da alíquota do imposto de importação de bicicletas põe em risco a permanência de empresas no PIM (Polo Industrial de Manaus). “Isso daí quebra o polo de bicicletas da Zona Franca de Manaus e coloca em risco o emprego de 5 mil trabalhadores”, declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui