Jonas Castro diz que P. Figueiredo pode ser melhor sem o STF e o TJ-AM

Vereador Jonas Castro (PSB) diz que está sem forças para continuar - foto: arquivo

O presidente da Câmara de Vereadores de Presidente Figueiredo, Jonas Castro (PSB) está prestes a desistir de ‘tudo’. Pelo menos foi isso o que ele disse em um post no seu perfil no Facebook do dia 26/04, às 08;31, pouco antes de decidir cancelar a Sessão Extraordinária, que tinha a finalidade de cassar o prefeito Romeiro Mendonça (PDT).

O presidente Jonas Castro lembra-se de uma placa com uma frase da ex-desembargadora Marinildes Mendonça, que diz: CREIO NO PRIMADO DO DIREITO E DA JUSTIÇA, COMO INSTRUMENTO PARA A CONSTRAÇÃO DE UMA SOCIEDADE MAIS DIGNA EM DEFESA DO BEM COMUM.

Nada ilustre, mas Jonas interpreta os dizeres da placa e aproveita para jogar veneno nas decisões do STF e o TJ/AM referente ao prefeito, dizendo que eles jogam água gelada nas suas intenções e acredita que o município poderia estar melhor sem as interferência das duas Cortes. “Triste realidade de um País, cuja moral está a agonizar”, finaliza.

“Acho que já está passando a hora. Nosso povo já deveria estar se manifestando há muito tempo”, disse ele.

Jonas diz ainda que está só, na luta contra o prefeito. Que está cansado de combater sozinho e por isso pensa em desistir. Entregar os pontos e deixar o prefeito fazer o que bem entender.

“Estou cansado, desolado. Me sinto desestimulado em continuar lutando contra essa quadrilha corrupta que administra nosso município”, ataca já sem forças para reagir.

 

Perfil do presidente da Câmara de Vereadores de Presidente Figueiredo – foto: recorte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui