Livro explica como ficar 24h sem reclamar

Foto: Divulgação

O livro #UmDiaSemReclamar propõe o desafio de passar um dia sem reclamar. Por meio das dificuldades em realizar a tarefa e da percepção da força do hábito, os autores Davi Lago e Marcelo Galuppo explicam o poder transformador da mudança de mentalidade.

Os autores do livro, Davi Lago e Marcelo Galuppo se debruçam sobre o hábito viciante da reclamação e propõem a gratidão como substituta para guiar uma vida mais feliz e mais saudável.

De acordo com os autores, pelo menos três benefícios primordiais vêm na esteira da gratidão: ela estabelece vínculos de solidariedade entre aquele que recebeu um favor e aquele que o praticou; ela embeleza as pessoas, tornando-as mais atraentes; e, por fim, é fonte de felicidade, alterando o cérebro e afastando a depressão, melhorando o sono, estimulando relacionamentos amorosos e aumentando a imunidade.

“A gratidão, enfim, nos torna mais aceitáveis aos olhos dos seres humanos, mas nos torna também mais aceitáveis aos nossos próprios olhos, porque nos torna fortes. Reconhecer-se carente, vulnerável e dependente é abrir mão de toda soberba, é sobretudo reconhecer-se humano, permitindo que se estabeleçam vínculos de solidariedade entre nós. Conhecer a própria fraqueza é benéfico, reconhecer nossa dependência nos fortalece”

Sinalizando ainda quais os obstáculos que se impõem sobre os que se propõe a tornarem-se gratos, #UmDiaSemReclamar oferece um conjunto de exercícios práticos, insights e reflexões para o dia a dia dos que desejam se beneficiar dos frutos produzidos por dias mais gratos.

OS AUTORES

Davi Lago é mestre em Teoria do Direito pela Faculdade Mineira de Direito da PUC Minas. Ao lado de William Douglas, é autor do best-seller Formigas e autor de Brasil Polifônico. Colunista da revista Veja, autor do TED Talk Poliphonic Brazil, Davi é um formador de opinião contemporâneo que transita nas áreas de cultura, política, religião e ciências sociais, sendo uma das grandes vozes brasileiras sobre os temas.

Marcelo Galuppo é doutor em Filosofia do Direito pela UFMG. Atual presidente da Associação Brasileira de Filosofia do Direito e Filosofia Social (ABRAFI) e vice-presidente da Internationale Vereinigung für Rechtsund Sozialphilosophie (Associação Internacional para a Filosofia do Direito e a Filosofia Social). Desde 1994, é professor da Faculdade Mineira de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, onde foi coordenador do programa de pós-graduação em Direito entre 2009 e 2011.

Desde 2010, é também professor da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais. Foi Visiting Fellow da Escola de Direito da Universidade de Baltimore.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui