Lutador Ismael da Silva, é convocado para Seleção Brasileira de Wrestling

Foto: Mauro Neto/Faar

Em ascensão no cenário da luta olímpica amazonense, o lutador Ismael da Silva, 15, foi convocado para a Seleção Brasileira de Wrestling que irá disputar o Sul-Americano em Rosário, na Argentina, de 28 de abril a 8 de maio deste ano. A conquista do atleta, que ficou hospedado na Vila Olímpica e recebeu investimentos do Governo do Amazonas, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), foi através do título na categoria até 45 quilos estilo livre, da Seletiva Nacional, disputado em Niterói-RJ, no sábado (12/02).

“Oferecer suporte para atletas que possam representar nosso estado em competições de alto rendimento vem sendo marca do trabalho estratégico do Governo do Amazonas, por meio da Faar. O Ismael é um atleta que já investimos com passagens áreas para participar de competições, que lhe renderam resultados expressivos. E vê-lo crescer desta forma é um orgulho não só para Atalaia do Norte, mas para todo o Amazonas”, disse Jorge Oliveira, diretor-presidente da Faar.

Foto: Mauro Neto/Faar

Natural de Atalaia do Norte (a 1.138 quilômetros), Ismael vem praticando wrestling desde os 11 anos de idade. Em 2021, o jovem foi campeão brasileiro no estilo livre e greco-romana e terminou o ano em primeiro no ranking nacional da sua categoria.

“Estou muito feliz de ter me classificado para a Argentina, nunca imaginei viajar para fora do país, agradeço ao meu professor por estar lá comigo, me incentivando, mesmo pegando no meu pé de vez em quando. E agradeço ao Governo do Amazonas, à prefeitura de Atalaia do Norte e à secretaria de Educação por terem me ajudado neste objetivo”, afirmou Ismael.

Foto: Mauro Neto/Faar

Por trás de todo bom atleta, existe um treinador dedicado para tentar tirar o máximo do seu comandado. Neste caso, Luís Alberto é o técnico que exerce este trabalho para Ismael. Presente desde o início da caminhada do jovem, Luís falou sobre o processo de evolução ao lado de seu pupilo.

“Foi um ciclo largo, começamos a trabalhar pensando sempre no futuro, ele vem treinando desde os 11 anos e, desde sua infância, a gente vem lapidando as suas técnicas para o longo prazo, buscando resultados não só para Atalaia do Norte, mas para o Amazonas e o Brasil”, destacou Luís Alberto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui