Membro do comitê da Unesco ministra aula sobre mudanças no DNA dos bebês

Foto: Reprodução

Por Rodolfo Milone

Evento gratuito convida comunidade jurídica para entender possíveis lacunas de desigualdade no futuro

O hub de ensino jurídico Nau d´Dês está com inscrições abertas para a aula  Designer Baby, com mediação da convidada Ana Cláudia Brandão, juíza do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Doutora e Mestra pela UFPE, aluna visitante do Programa de Doutorado da Queen Mary University London, pós Doutora pela Universidade de Salamanca Espanha, além de membro do Comitê de Bioética da UNESCO e Presidente da Comissão de Biodireito da ADFAS. O evento acontecerá em 27 de abril, às 19h. A participação é gratuita, aberta a todos do meio jurídico e/ou interessados no assunto.

O curso é parte da iniciativa áGora, a praça de debates digitais da Nau d’Dês, com foco em abordar assuntos de interesse da comunidade jurídica. A conversa colocará em pauta ideias referentes à modificação genética, a exemplo de casos ocorridos na China em 2018. Na época, com o uso da tecnologia de edição genética, três crianças nasceram sem os genes CCR5, uma das portas de entrada do vírus HIV no organismo humano.

O evento debaterá questões envolvendo a aplicação da tecnologia do ponto de vista jurídico.

A convidada é autora do livro “Reprodução Humana Assistida e suas Consequências nas Relações de Família” e irá expor suas percepções sobre a filiação e a origem genética sob a perspectiva da repersonalização, abordando como as técnicas de reprodução humana assistida irão implicar juridicamente no nosso país e quais consequências poderão acarretar no futuro.

Participe! 

A transmissão é aberta e gratuita a todos os inscritos. Para participar, basta acessar o site da Nau d`Dês e preencher o formulário.

Link para inscrição: https://conteudo.nauddes.com.br/agora

Data: 27 de Abril
Horário: 19h

Sobre a Nau d’Dês

O hub digital, fundado pela advogada Sílvia Piva, nasceu com o fim de ampliar a visão do profissional de Direito em novos contextos, além de trazer referências acerca da influência das tecnologias emergentes na prática jurídica. Os cursos envolvem temas como Antropologia Cognitiva, Inovação, Filosofia, entre outros.

Silvia é pesquisadora da complexidade e suas aplicações, além de Mestra e Doutora em Direito Tributário pela PUC-SP, sócia do GHBP Advogados e professora dos cursos de pós- graduação do IBET e da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Saiba mais: https://nauddes.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui