Ministério da Saúde abre edital do programa “Mais Médicos” para o interior

Prazo para inscrições será de dois dias, a partir da próxima segunda-feira (25) - Foto: Diego Peres/Secom

O Ministério da Saúde (MS) vai abrir, na próxima segunda-feira (25/01), edital do programa “Mais Médicos para o Brasil”, para suprir a demanda de profissionais da saúde nos municípios do interior do Amazonas, com prazo de inscrição de dois dias. O anúncio foi feito pelo secretário de Atenção Primária do MS, Raphael Parente, nesta sexta-feira (22/01), durante reunião com prefeitos, representantes de prefeituras do interior, além do secretário executivo adjunto de Atenção ao Interior da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Cássio Espírito Santo.

“No dia 15 de janeiro nós colocamos para o secretário de Atenção Primária do Ministério da Saúde, em uma reunião, a necessidade de ampliação do Mais Médicos nos municípios do interior. Naquele mesmo momento o secretário se colocou à disposição e falou que os municípios que quisessem ampliar o quadro de profissionais, que solicitassem e justificassem o número de médicos a mais que gostariam. Solicitamos que esses municípios nos enviassem um ofício para encaminhar ao MS e eles estão abrindo um novo edital, contemplando os municípios”, pontuou Cássio Espírito Santo.

Ele também destacou o alinhamento entre as esferas de governo. “Durante a primeira fase da pandemia sempre falei que não se faz saúde sem parceria. E essa união entre Governo Federal, Governo do Estado e os municípios, é muito importante para que as coisas fluam e que a população tenha uma atenção de maior qualidade”, acrescentou o secretário.

As equipes do Ministério da Saúde estão no Amazonas há 20 dias, somando esforços em diversas frentes de atuação, no enfrentamento da pandemia. “Nós detectamos que a principal deficiência, principalmente neste momento de pandemia que está vindo de forma mais acelerada, é a falta de médicos. Então, imediatamente pedimos a abertura de um edital de chamamento de médicos”, ressaltou Raphael Parente, secretário de Atenção Primária do MS.

O Ministério priorizou a abertura do edital para Manaus, realizada no último dia 19.

“A gente desafogando a capital, conseguimos trazer pacientes que, por ventura, venham a ter no interior. Então abrimos e o prefeito (de Manaus) pediu 108 médicos. Fizemos exatamente o quantitativo que o prefeito pediu. Desses 108 se inscreveram 153 médicos, a nossa ideia é que na sexta-feira, dia 29, eles já estejam em campo. E na segunda-feira já está prevista a abertura do edital para o interior. Vamos abrir com o quantitativo que cada município pediu para que também o Ministério da Saúde possa atuar no interior do Amazonas”, afirmou Parente.

O secretário de Saúde do município de Itapiranga (a 226 quilômetros de Manaus), Aurimar Simões, que participou da reunião, disse que o município enviou ofício solicitando mais cinco profissionais de saúde para atuar no combate à Covid-19.

“Essa abertura que o Ministério da Saúde fez para os municípios será de grande importância para nós. Vai melhorar muito os atendimentos na atenção primária, porque a gente vai fazer um trabalho dentro das áreas do distrito das equipes de Saúde da Família. Isso vem somar bastante, porque a Covid começa na porta de entrada da atenção primária. Se nós trabalharmos na prevenção, no atendimento precoce, vai melhorar muito”, observou Aurimar Simões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui