Ministério Público pede arquivamento de processo contra José Melo

Ministério Público pede arquivamento contra ex-governador José Melo/Foto: Reprodução

Processo que estava tramitando no Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas – TJ-AM, desde de 2016, contra o ex-governador José Melo e o ex-chefe Casa Civil, Raul Zaidan, acusados por descumprimento de uma liminar expedida no dia 5 de outubro de 2016 pelo desembargador João Mauro Bessa em favor de José Alexandre Sales da Silva, Roberto Moreira da Silva e Antônio Silva de Souza – todos integrantes da Polícia Militar do Amazonas.O ex-governador José Melo deveria promover em outubro de 2016, ao posto de 3º sargento QPPM, os autores do mandado e segurança, que atingia, também, o comandante da Polícia Militar que não hesitou cumprir a determinação da justiça no dia 17 de outubro de 2016.

Ministério Público pede arquivamento contra ex-governador José Melo/Foto: Reprodução

No dia 29 de agosto do mesmo ano, todavia, o então governador editou decreto que tornava sem efeito o ato de promoção do comandante da corporação.

A defesa do ex-governador informou e comprovou o cumprimento da decisão liminar advinda do Mandado de Segurança e da decisão do Desembargador que decidiu sem efeito o processo em sua origem.

Sendo assim, ontem, dia 23, o Ministério Público do Estado do Amazonas concluiu que não houve crime por não vislumbrando dolo na conduta dos acusados e pela falta de elementos que caracteriza-se de ilícito penal a ser punido, o MPE pediu arquivamento do processo.

Como o ex-governador José Melo, não tem mais influência no meio político seus processos terão uma tendência de serem arquivados ou com penas mais brandas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui