Ministro anuncia mudança no setor pesqueiro do AM, diz Falcão

Walzenir Falcão(E), diz ter novidades/Foto: Arquivo

Walzenir Falcão(E), diz ter novidades/Foto: Arquivo
Walzenir Falcão(E), diz ter novidades/Foto: Arquivo

O presidente da Federação dos Pesadores do Amazonas (Fepesca), Walzenir Falcão, saiu agora, há pouco, de uma reunião com o novo ministro da Pesca, Elder Barbalho, em Brasília, anunciando novidades para os mais de 80 mil pescadores do Amazonas. Segundo Walzenir, o ministro anunciou mudanças na Superintendência da Pesca no Amazonas, e na administração do Terminal Pesqueiro de Manaus.
“Não posso anunciar tudo agora, mas, assim que voltar à Manaus, farei uma reunião com os presidentes de Colônias de Pescadores e vou falar os detalhes das mudanças que irão ocorrer, para melhorar as condições de trabalho dos pescadores”, adiantou Falcão.

Walzenir disse, também, que as mudanças serão significativas, e que uma das principais será a conclusão das câmaras frigoríficas do terminal, e local apropriado para o armazenamento do pescado, além da tão sonhada fábrica de gelo que irá reduzir em mais de 90% o desperdício do pescado no estado.

“A conversa foi muito boa e acredito que agora os pescadores do Amazonas, irão ser tratados da maneira como merecem, com respeito, uma vez que o trabalho desenvolvido pela categoria alimenta milhares de pessoas todos os dias”, destacou.

Walzenir, também, deverá conceder uma entrevista coletiva assim que chegar a Manaus, para contar detalhes do que foi acertado com o novo ministro da pesca.

Construído há mais de dez anos, o Terminal Pesqueiro nunca funcionou plenamente. Por conta da má condição, o uso desordenado causa um desperdício de mais de 15 toneladas de pescado todos os dias.

O terminal não tem câmara frigoríficas ara armazenar o excedente que os pescadores não conseguem vender, o que acaba sendo jogado literalmente no lixo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui