Mototaxistas de Rio Preto da Eva recebem 150 kits de segurança

Foto: Divulgação/Detran-AM

O Governo do Amazonas, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), entregou 150 kits de segurança do projeto Motociclista Legal para os mototaxistas de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus) e oito Carteiras de Habilitação do projeto CNH Social. Os kits com capacete e colete foram entregues na quarta-feira (30/03). Já as CNHs foram entregues nesta sexta (1º/04), juntamente com certificados de conclusão de curso de atualização e de capacitação para 35 mototaxistas.

O presidente da associação de mototaxistas de Rio Preto da Eva, Eduardo Felix, de 42 anos, afirmou que, em 15 anos atuando na profissão, nunca havia sido tão valorizado quanto no atual governo.

Foto: Divulgação/Detran-AM

“A gente se sente, pela primeira vez, prestigiado e privilegiado em receber não somente esse kit, mas essa atenção que o governo e o Detran têm dado à nossa categoria. Receber esse certificado de especialização é uma grande vitória, pois capacita os trabalhadores da área. Graças a essa visão diferenciada do Estado para a nossa classe, teremos mais oportunidades”, destacou.

O projeto Motociclista Legal faz parte do programa Detran Cidadão, iniciativa do Governo do Amazonas para capacitar, gratuitamente, os mototaxistas e motofretistas do estado com cursos de capacitação e de atualização.

Foto: Divulgação/Detran-AM

CNH Social – A estudante Simone Costa, de 25 anos, foi uma das contempladas pelo projeto CNH Social, para realizar adição de categoria na habilitação. “Moro há 15 anos no Amazonas e já possuía minha habilitação, porém precisava dessa adição da categoria B para concursos e empregos. Hoje me sinto realizada e muito feliz por essa conquista que beneficia a todos”, comemorou.

Iniciativa do Governo do Estado, desenvolvida pelo Detran Amazonas, o CNH Social também faz parte do Detran Cidadão e foi criado para tornar mais democrático o acesso à CNH para a população. As pessoas beneficiadas têm uma economia que varia de R$ 1.000 a R$ 1.600. O projeto permite ao contemplado tanto tirar a primeira CNH quanto fazer a adição ou troca de categoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui