Namorados vão pagar até 80% de imposto na compra de presentes

Impostômetro apontam altíssima tributação embutida nos valores dos presentes - foto: recorte/recuperada

Dados do Impostômetro apontam altíssima tributação embutida nos valores de itens de compras bastante procurados pelos consumidores.

Levantamento da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) aponta que, do valor pago pelos consumidores nos presentes tipicamente mais comprados para o Dia dos Namorados, até 80% corresponde a impostos.

Os dados têm como base o Impostômetro, painel instalado no centro histórico da capital paulista que mede em tempo real os impostos, taxas e contribuições pagos à União, estados e municípios.

É o caso dos perfumes importados, que concentram alta carga tributária: 78,99%. Isso significa que se o produto é vendido a R$ 400, aproximadamente, R$ 316 deste montante corresponde a impostos, taxas e contribuições.

Os artigos produzidos em território nacional, por sua vez, apresentam taxação menor, mas, mesmo assim, estão longe de não serem altamente tributados. A maquiagem nacional, por exemplo, possui carga tributária de 51,41%.

O economista da ACSP Marcel Solimeo lembra que a alta carga tributária não será o único desafio dos consumidores na hora de presentear seus namorados. “Tudo o que compõe o preço final do produto, especialmente neste ano, vai chamar a atenção também pelos efeitos da inflação em alta, que corrói o poder de compra dos consumidores”.

A lista de produtos que, normalmente, é mais demandada na data revela ainda que bebidas, como champanhe, vinho importado e nacional, são altamente taxados com 59,49%, 69,73% e 54,73%, respectivamente.

Confira a lista com os itens do levantamento abaixo:

Impostômetro

O Impostômetro foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar os brasileiros sobre a alta carga tributária e incentivá-los a cobrar os governos por serviços públicos de mais qualidade. Está localizado na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista. Outros municípios e capitais se espelharam na iniciativa e instalaram seus painéis. No portal é possível visualizar valores arrecadados por período, estado, município e categoria.

ACSP

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 127 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui