Amazonas Destaques Formal & Informal

Omar Aziz se lança ao lado do deputado mais ‘faltoso do Brasil’

Arthur Bisneto: visto como o parlamentar mais faltoso do Brasil, em todas as casas legislativas, ganha vaga de candidato a Vice - foto: BNC
Redação
Escrito por Redação

Lideranças do PSD, PSDB, PRB, PHS e Democratas aclamaram no sábado (4) o nome do senador Omar Aziz para a disputa do Governo do Estado nas próximas eleições gerais. A chapa se completou com a confirmação do deputado federal mais faltoso do mundo, Arthur Bisneto, como vice de Omar.

A aliança em apoio ao senador ainda reuniu o ministro da Educação, Rossiele Soares, o prefeito de Manaus, Arthur Neto e o deputado federal Pauderney Avelino, que com medo de ficar sem mandato, surpreendeu ao anunciar sua candidatura à reeleição. Já o vereador Plínio Valério foi confirmado à disputa de uma das vagas ao cargo de senador.

Arthur Bisneto: visto como o parlamentar mais faltoso do Brasil, em todas as casas legislativas, ganha vaga de candidato a Vice – foto: BNC

Deputado mais faltoso do mundo

Conhecido como o deputado mais faltoso da história, Bisneto declarou que Omar ainda tem 04 anos de mandato como senador, mas preferiu disputar o governo do Amazonas. Bisneto disse que “vai ter que trabalhar muito para acompanhar Omar”, em um raro momento de reconhecimento da sua indisposição ao trabalho.

Por sua vez, o prefeito Arthur Neto lembrou das parcerias anteriores com Omaz Aziz na época que governou o Estado. “Levamos água para mais de 520 mil pessoas numa verdadeira ação conjunta”. Mas, devido a sua idade bem avançada, o prefeito com sinais de amnésia, disse que Manaus tem 1,2 milhões de habitantes e, esqueceu que era prefeito, ao lembrar que o atual governador não faz nada por Manaus.

Arthur Neto no final do seu discurso só lembrou do filho, mas esqueceu que Omar é candidato ao Governo e não ao Senado. Arthur se perdeu no discurso, tamanha empolgação por ter conseguido emplacar o filho em uma vaga de Vice.

Quando a Omar, ele lembrou um dos seus programas contra a criminalidade, o “Ronda no Bairro”, como carro-chefe de sua campanha com nova roupagem e mais abrangente. “Vamos invadir Manaus com ações de repressão e combate aos narcotraficantes”, avisou.

Só esqueceu de lembrar do maior desvio da saúde pública do Amazonas, que o próprio está envolvido e sendo investigado pela Polícia Federal.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário