PA: MPF denuncia delegado da PF pelo assassinato de indígena


Indígena mesmo imobilizado recebeu tiros na nuca/Foto: Reprodução
Indígena mesmo imobilizado recebeu tiros na nuca/Foto: Reprodução

Ministério Público Federal (MPF) anunciou hoje, quinta-feira (10), que denunciou à Justiça Federal, em Itaituba (PA), o delegado da Polícia Federal Antonio Carlos Moriel Sanches, pelo crime de homicídio qualificado contra Adenilson Kirixi Munduruku, indígena assassinado durante a Operação Eldorado, no dia 7 de novembro de 2012, na aldeia Teles Pires, na divisa do Pará com o Mato Grosso.

A exumação do corpo do indígena comprovou os depoimentos das testemunhas e demonstrou que foi executado com um tiro na nuca, depois de ter sido derrubado por três tiros nas pernas.

Pelo crime, o delegado Antonio Carlos Moriel Sanches pode ser condenado a até 30 anos de prisão. Se a denúncia for aceita pela Justiça,  será submetido a julgamento pelo tribunal do júri. A Operação Eldorado deveria destruir balsas de garimpo que atuavam ilegalmente nas Terras Indígenas Munduruku e Kayabi. O coordenador da operação era o delegado Moriel Sanches.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui