Plano de contingenciamento deve ser exercido por Caapiranga com urgência

Foto: Divulgação

Apesar de todos os esforços, o município de Caapiranga (a 140 quilômetros de Manaus). Deve colocar em prática as medidas para evitar a propagação do coronavírus com urgência. O objetivo também seria “desafogar” o ritmo de atendimento em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus). Município escolhido pelo estado para atender os pacientes de Caapiranga.
O Ministério Público do Amazonas (MPAM) instaurou o Procedimento Administrativo para fiscalizar e acompanhar as políticas públicas e as medidas adotadas pelo município para prevenção, contenção e combate à proliferação do covid-19. O município não estaria cumprindo o Plano de Contingenciamento, segundo informações que chegaram ao MPAM em reuniões virtuais, certidões e diligências realizadas.
“As medidas contra a proliferação da doença no Município precisam ser rápidas, prioritárias e constantes. Passamos por uma verdadeira guerra contra o covid-19. Dias, horas e até minutos são preciosos no enfrentamento à pandemia, quando vivemos momentos em que os fatos ocorrem de forma rápida e são altamente voláteis”, argumentou o Promotor de Justiça titular de Caapiranga, Fabrício Santos Almeida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui