Polícia apreende 540 kg de maconha em Maraã

Foto: Divulgação

As forças policiais do Estado apreenderam 540 quilos de maconha do tipo skunk e prenderam dois homens em Maraã (a 633 quilômetros de Manaus). O material de origem colombiana foi trazido para Manaus de avião, nesta segunda-feira (06/04), uma semana após a apreensão de outros 800 kg de drogas na mesma operação.

A interceptação da carga ilícita ocorreu em uma rota utilizada para evitar a descida pelo Solimões e fugir da ação de piratas do eixo Coari-Tefé-Codajás, na região de Maraã. Segundo as investigações, a droga é de origem colombiana, possivelmente da cidade de La Pedreiro, entrando no Brasil pela Vila Bittencourt com destino às bocas de fumo da capital amazonense.

A ação contou com apoio logístico do Exército Brasileiro e da Secretaria de Operações Integradas (Seop) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio do programa Vigia, e da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Participaram ativamente da operação agentes do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), da Polícia Civil, e Companhia de Operações Especiais (COE), da Polícia Militar do Amazonas.

O material foi trazido para Manaus de avião – Foto: Divulgação

Investigações – As investigações duraram cerca de 30 dias, resultando na apreensão de 1,3 toneladas ao todo. A delegada-geral da Polícia Civil, Emília Ferraz, destacou a atuação dos policiais civis não apenas na investigação, mas in loco.

A ação teve duração de 11 dias em área de mata, com cada equipe percorrendo entre 20 e 30 quilômetros, conforme explicou o coordenador do Grupo Fera, delegado Juan Valério.

Além da carga de entorpecentes, foram apreendidas três espingardas e um bote de alumínio. De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, a apreensão é histórica para a polícia em uma rota de difícil acesso.

As investigações prosseguem para identificar as pessoas utilizadas na logística e quem seriam os destinatários em Manaus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui