Polícia prende homem por arremessar cachorro de uma altura de sete metros

Foto: Divulgação/PC-AM

Policiais civis da 40ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Silve, sob coordenação do investigador Carlos Alberto, gestor da unidade policial, prendeu, na manhã desta quarta-feira (23/09), um homem de 26 anos por maus-tratos a animais. O indivíduo foi responsável por arremessar, de uma altura de sete metros, um cachorro chamado de “Sorriso”, mascote da cidade. O crime ocorreu no dia 17 de setembro, na orla de Silves.

Conforme o gestor da unidade policial, o animal foi encontrado no local bastante machucado e com uma das patas quebrada pelo fato de ter sido arremessado de uma altura de sete metros. O investigador informou que os cuidadores do cachorro compareceram à 40ª DIP e formalizaram um Boletim de Ocorrência (BO) sobre o delito.

Foto: Divulgação/PC-AM

“Imediatamente iniciamos as investigações e, por meio de testemunhas, descobrimos que três indivíduos estavam no local no dia em que o crime ocorreu. Segundo informações, eles estariam sob efeito de bebidas alcoólicas. Após diligências, conseguimos identificar e prender eles, porém, apenas um homem de 26 anos, confessou que estava alcoolizado e arremessou o animal”, disse o investigador.

Ele destacou também que houve uma grande mobilização na cidade, com doações para ajudar o cachorro, inclusive para custear a transferência dele para Manaus, onde passará por cirurgia para amputar a pata direita, na sexta-feira (25/09).

“O animal ficou internado durante alguns dias em Silves e depois foi levado para o município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros em linha reta da capital). O caso ganhou grande repercussão na região”, relatou o gestor da delegacia.

Procedimentos – Na unidade policial, o indivíduo assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por maus-tratos a animais, da Lei de Crimes de Ambientais. Ele irá responder ao processo em liberdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui