Populares vão usar ‘Creolina’ para desinfetar a corrupção na Câmara de Iranduba

Populares lavando o prédio e a escadaria da Câmara de Iranduba - foto: arquivo

Populares estão sendo convocados para uma nova lavagem das escadarias da Câmara Municipal de Iranduba, a partir das 9 horas, na próxima terça feira (20), na Praça dos Três Poderes.

Dessa vez a lavagem das escadarias será feita com Creolina. De acordo com um dos organizadores do manifesto, Paulo Onofre, essa é uma forma de tirar toda a sujeira, o fedor e as coisas ruins que insistem permanecer na Casa Legislativa desde a administração do ex-prefeito condenado e preso, Xinaik Medeiros.

Assim como está acontecendo agora, em novembro de 2015, populares foram à Câmara de Vereadores lavar as escadarias para chamar a atenção do Ministério Público, alertando sobre a ‘bandalheira’, a distribuição de propinas e o desvio de função na administração do ex-prefeito, com os vereadores se corrompendo com dinheiro da prefeitura ‘para fazer de conta que nada estava acontecendo’.

Em 2015, os jornais da época estamparam a ação popular em Iranduba – foto: arquivo

Contagioso

Para o assessor parlamentar e programador cultural, Pulo Onofre, o vírus da corrupção que se instalou na Câmara é contagioso e, pode levar todos os vereadores, junto com o prefeito Chico Doido (DEM), para a prisão, assim como aconteceu com Xinaik e os vereadores da época.

Tanto é verdade, destaca Paulo, que atualmente dois vereadores foram presos e seus telefones confiscados pela Justiça. Eles são acusados de corrupção e ainda tem expectativa de outros colegas seus serem presos pelos mesmo motivos.

Jackson Pinheiro e Kellison Dieb estão no Centro de Detenção Penitenciária na BR 174, onde ficarão à disposição da justiça e poderão, em depoimento, delatar os outros 11 vereadores envolvidos no processo.

Vereador George Reis (PV) também pode ser preso. Ele teve sua casa revistada e o seu celular confiscado pelo MP – foto: arquivo

Escadarias

Na próxima terça feira (20), está confirmado o Ato Público, a partir das 09 horas, confirma Onofre. “A população está sendo convidada a levar baldes, vassouras e muita Creolina que será utilizada na lavagem do prédio”.

Em 2015, quando aconteceu a prisão de vereadores e o prefeito, os manifestantes usaram sabão liquido e em pó. Desta vez estão munidos de material com poder desinfetante maior. “Quem sabe este produto tenha o poder de matar o vírus da corrupção que impera nos poderes legislativo e executivo daquele município”, finaliza.

Produto sugerido pelos manifestantes – foto: recorte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui