Prefeitura de Humaitá entra na mira do MPAM

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Humaitá (a 580 quilômetros de Manaus) entrou na mira do Ministério Público Federal (MPF). O motivo é a suposta irregularidade no uso dos recursos destinados ao tratamento de pacientes com covid-19.

De acordo com o órgão ministerial, as informações prestadas pelo município foram insuficientes para verificar a questão da regularidade na prestação do serviço de saúde. No Portal da Transparência do município há poucas informações sobre o assunto.

Humaitá já registrou mais de 7 mil pessoas infectadas pelo coronavírus. O número de mortes causadas por covid-19 ultrapassa 130.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui