Professores querem voltar vacinados para as salas de aula

Professores temem o alto índice de contaminação em todo o estado do Amazonas - foto: divulgação/Folha Manaus

Após Assembleia Geral Extraordinária Virtual sobre o retorno das aulas, ocorrida na última sexta-feira (5),  professores e pedagogos de Manaus decidiram que a categoria tem que receber a vacina contra a covid-19 imediatamente, antes do retorno às salas de aula.

Os professores e trabalhadores da educação também defendem o retorno das aulas apenas de maneira virtual.

A decisão é baseada nas mortes ocorridas entre os profissionais de educação no Amazonas. “Foi um grande impacto para a nossa categoria, então queremos prioridade na vacinação contra a covid-19”, destacou o coordenador da Associação Sindical dos Professores de Manaus (Asprom), Lambert Melo.

Para o retorno das aulas de maneira virtual, os professores solicitam itens como computador, pacotes de internet, celulares e ajuda de custo para o consumo de energia elétrica. Os professores também solicitam pagamento para a aquisição de equipamentos de informática.

Investimento

O Governo do Estado está investindo, neste ano, na aquisição de materiais pedagógicos, que já estão disponíveis a toda a comunidade escolar e que poderão auxiliar nessa fase de ensino remoto com o “Aula em Casa”.

Sobre o retorno das aulas, o governador Wilson Lima enfatizou que vai depender da evolução do cenário epidemiológico. “Todas as decisões que estamos tomando são medidas responsáveis, garantindo a segurança sanitária tanto dos alunos quanto dos professores”.

“Vamos continuar trabalhando para ampliar a nossa rede, encontrando alternativas para que ninguém fique sem as atividades letivas nesse período e, tão logo a gente tiver a segurança necessária, vamos voltar de forma gradual, seguindo todos os protocolos estabelecidos pelos profissionais da área da saúde”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui