Regina Duarte é mais uma na fila dos 12,9 milhões de desempregados

Cargo de Regina Duarte na Cinemateca está descartado, mas ela pode ter uma DAS - foto: arquivo/recorte

Até a próxima segunda-feira (8), a atriz Regina Duarte fica como figurante no cargo de Secretária Especial de Cultura, com o salário em torno de R$ 15 mil mensais.

Depois do dia 08, ela vai engrossar as fileiras dos 12,9 milhões de desempregados no Brasil. A vaga prometida por Bolsonaro a ela, para dirigir a Cinemateca já está descartada, segundo fontes ouvidas por esta coluna.

Apuramos com exclusividade, que o governo federal pretende fechar a Cinemateca e quer que a Fundação Roquette Pinto, que administra a instituição demita os cerca de 150 funcionários que trabalham na instituição.

Com isso, Regina Duarte não terá a “boquinha” anunciada na estatal.

Carguinho

Porém, a atriz não ficará ao deus-dará: nos bastidores do governo estão sendo mexidos pauzinhos para que ela seja nomeada para algum cargo nível DAS (Direção e Assessoramento Superior), com salário também em torno de R$ 15 mil, possivelmente a ser nomeada pelo Ministério do Turismo.

Além disso, ela já recebe cerca de R$ 7 mil mensais como pensão alimentícia de seu pai, que foi primeiro-tenente no Exército e morreu em 1981.

Quanto ao seu cargo de três meses à frente da Cinemateca, ela já é tratada como carta fora do baralho. Regina Duarte não fez absolutamente nada. Pelo contrário, no órgão público seu papel de atriz foi ridículo.

Com texto de Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui