Relacionamento de longe – por Geovana Silva

É possível relacionamentos à distância darem certos - foto: recorte/rede sociais

É bastante comum a gente encontrar a pessoa certa, que atenda aos nossos gostos e desejos, mas existe um “pequeno” fator que pode impedir com que surja um relacionamento, à distância.

Viver um relacionamento a distância nem sempre é fácil, porém às vezes é o mais indicado para duas pessoas que se amam, mas que por algum motivo não podem ficar juntas fisicamente.

Além disso o relacionamento de longe, ou à distância como é mais conhecido pode surgir de duas situações, em um primeiro caso esse relacionamento  pode já ter existido ou existir de maneira física e presencial, com as pessoas se vendo diariamente, morando perto e tendo uma rotina que possibilita um fácil acesso um ao outro e depois migrar para um relacionamento à distância por causa de transferência de trabalho de algum dos dois, ou a família foi embora e a outra pessoa precisou ir junto.

Portanto vários são os quesitos que podem ter feito esse relacionamento sair do formato presencial e migrar para o formato a distância, existe ainda a hipótese desse relacionamento já ter começado a distância, através da internet. Esse é o caso de relacionamentos que foram começados por meio de aplicativos de namoro ou sites.

É comum também encontrar sites que proporcionem um relacionamento sugar a distância, ou seja, alguém mais velho firma um relacionamento com uma pessoa mais nova, também chamado de sugar baby buscando por esse jovem geralmente por sites ou aplicativos próprios para isso na maioria das vezes.

Todavia um relacionamento a distância nem sempre é saudável para as pessoas, pois exige muita confiança no parceiro, além de possuir muita inteligência emocional para saber lidar com os problemas que podem surgir de maneira saudável e inteligente para ambas as partes, além de terem que lidar com a sensação de solidão que pode aparecer uma vez ou outra.

“A distância que nos separa não é tão longa assim”

Geovana Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui