Série infantil alerta para o cuidado com as más companhias

As crianças são expostas a temas do cotidiano para estimulá-las a desenvolver o senso crítico - Foto: : PAULO SOLIMÕES

“Cuidado com as más companhias” é o episódio que irá ao ar, nesta quinta-feira (17/12), no canal do YouTube do autor do projeto “5 Minutos de Arte e Educação”, o produtor artístico e cenotécnico João Pedro Taneda: https://youtu.be/F84t9gX1cZs

Ao todo, o projeto é constituído de seis vídeos, com duração de 5 minutos, cada. A iniciativa, que une arte e educação, foi contemplada pela Lei Aldir Blanc, no edital do Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2020, na categoria Teatro, da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) da Prefeitura de Manaus.

Ele conta que é muito desafiador trabalhar com crianças porque a linguagem precisa ser muito específica, mas o resultado é compensador. Taneda explica que o projeto utiliza elementos do teatro, dança, brincadeiras de roda e canções infantis para ambientar o cotidiano de crianças da periferia de Manaus.

Taneda conta que cada episódio trabalha um tema específico com as crianças.

Estímulos ao desenvolvimento – Para Taneda, o projeto oferece estímulos ao desenvolvimento da cidadania das crianças, pois eles foram elaborados com o objetivo de contribuir para a formação da cidadania. “Esse é um processo que deve ser iniciado na infância. Assim, podemos dizer que se trata de um trabalho artístico e educativo e que será disponibilizado on-line e gratuitamente. Nosso intuito é tecer um olhar positivo da vida, despertando nas crianças o entendimento que transformações são necessárias para buscarmos soluções aos problemas que se apresentam em nossa vida”.

Arte-educação – O autor do projeto também destaca que, atualmente, as crianças são expostas a muitos conteúdos em todas as mídias, e em especial na Internet, que são focados apenas no entretenimento e que se esquecem de abordar questões importantes para o desenvolvimento das crianças. “Não devemos oferecer toda sorte de produtos existentes no mercado, pois muitos podem ser nocivos à infância”.

Essa preocupação com a qualidade do que se diz e ensina nos meios de comunicação levou os artistas envolvidos no projeto a prepararem de forma cuidadosa a encenação realizada nos vídeos. “Desejamos contribuir tanto na construção simbólica da arte quanto na construção de um ser humano melhor, mais sensível e mais habilitado para lidar num mundo tão complexo”, comenta Taneda.

João Pedro Taneda atua em várias produções artísticas como produtor e cenotécnico desde 2006 – JOÃO PEDRO TANEDA

Currículo artístico – João Pedro Taneda trabalha como produtor artístico desde 2006, quando passou a integrar a Associação Amazônia Arte-Mythos. Em 2007, ele participou de um curso de produção artística e cenotécnica, oferecido pela Arte-Mythos, através do qual foi aprimorando seu conhecimento na área. Com o aprendizado adquirido, passou a desenvolver seus próprios projetos.

Taneda atuou como produtor artístico e cenotécnico nas seguintes produções da Arte-Mythos: “Yawê, o Pequeno Peixe Boi” (2006), “Prometheu” (2006), “Cici e as Formigas” (2007), “Antígona” (2008), “Brincando em Cena” (2010), “Assembleia das Árvores” (2010), “A Menina e o Tempo” (2015), “A Incrível Viagem de Mariana” (2015) e “A Menina dos Brincos de Ouro” (2015).

Também fez produção artística para os seguintes espetáculos: “Dona Chuva e Dona Selva Contra O Senhor Moto Serra (2009), “Lenda da Cobra Norato” (2012), “As Bacantes” (2013), na participação da peça “Medéia” (2014) na Mostra 10 Anos do Festival de Teatro da Amazônia e “A Menina e o Tempo” (2020). Em 2010, foi o realizador do projeto “Teatro para todos em Manaus” – Circulação de espetáculos na Rua – Prêmio Secretaria Municipal de Cultura.

Visualizar o vídeo Episódio 2 Cuidado com as más companhias do YouTube

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui