Prefeitura de Jutaí entra na mira do MPF

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Jutaí (a 750 quilômetros de Manaus) está na mira do Ministério Público Federal. O motivo é a suspeita de má administração de recursos federais do programa Dinheiro Direto na Escola – Educação Integral (PDDE-EI).

O órgão ministerial instaurou inquérito civil para investigar os gastos de 2015, durante a gestão de Marlene Gonçalves Cardoso. O MPF atua em resguardo dos princípios constitucionais da administração pública.

Ainda de acordo com o Ministério, o Inquérito Civil e a Ação Civil Pública são instaurados para a proteção do patrimônio público e social, do meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui