Tapauá terá usina de castanha-do-brasil

Foto: Divulgação

Agroindústrias de Tapauá (a 450 quilômetros de Manaus) vão receber apoio do governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e sua vinculadas (Idam, Adaf, ADS). O objetivo é beneficiar a castanha-do-brasil, também conhecida como castanha-do-Pará.

O município está em fase de construção de uma usina com capacidade inicial de produção prevista de até 80 toneladas de castanha desidratada no primeiro ano de atividade. A Abufari Produtos Amazônicos conta com investimento privado de mais de R$ 1 milhão e deverá ser inaugurada no segundo semestre deste ano, na sede de Tapauá, gerando emprego e renda para trabalhadores locais e levando o crescimento econômico há muito esperado por aquela região do interior amazonense.

A usina vai gerar aproximadamente 70 empregos diretos e indiretos, com funcionários trabalhando o ano inteiro. O Amazonas é o segundo maior produtor de castanhas do Brasil, com produção estimada em 14 mil toneladas por ano, e Tapauá ocupa lugar de destaque neste ranking.

O projeto para a usina de castanha-do-brasil da agroindústria Abufari Produtos Amazônicos prevê um processo de inovação tecnológica, com adesão ao protocolo Indústria 4.0, que já está sendo praticado no agrobusiness.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui