Enem: Braga diz que não é hora de aprofundar desigualdade no País

Senador Eduardo Braga (MDB/AM) - Foto: Reprodução/twitter

Em sessão virtual do Senado, nesta terça-feira (19/05), o senador Eduardo Braga (MDB/AM) votou a favor do projeto que adia o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), conforme já havia adiantado a veículos de comunicação no dia anterior.

Apresentado pela senadora Daniella Ribeiro (PP/PB), o Projeto de Lei 1.277/2020 suspende a aplicação do Enem e dos demais processos seletivos para a educação superior, como vestibulares, em decorrência da pandemia da Covid-19. Ele segue, agora, para apreciação da Câmara dos Deputados.

“Nosso encaminhamento é a favor da oportunidade aos nossos jovens que sonham em entrar numa universidade. Num país cheio de desigualdades, não é hora nem momento de aprofundarmos ainda mais essas desigualdades”, disse Eduardo, que citou a falta de acesso de milhões de jovens brasileiros à internet, um instrumento essencial na preparação daqueles que buscam uma vaga nas universidades. “Efetivamente, 40% dos jovens deste país não têm acesso à internet. No interior do Amazonas, isso é gravíssimo.
Praticamente, 80% dos nossos jovens não têm acesso à internet”, afirmou o parlamentar.

Confira a manifestação de Eduardo: https://twitter.com/EduardoBraga_AM/status/1262908677947785229

No ano passado, o Enem contou com mais de 5 milhões de inscrições. Desse número, 118.149 eram do Amazonas. As provas foram aplicadas em 56 municípios do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui